IVG recebe homenagem da Associação Catarinense de Medicina por enfrentamento à pandemia

O Instituto Pe. Vilson Groh (IVG) recebeu uma homenagem da Associação Catarinense de Medicina (ACM) pelas ações de enfrentamento à pandemia da Covid-19 nos últimos dois anos. A honraria foi entregue na última sexta-feira (14), durante o jantar de comemoração ao Dia do Médico. 

Presidente da ACM, Dr. Ademar José de Oliveira Paes Junior, junto com as instituições homenageadas.

Em nome do IVG, o empresário e diretor de relacionamento institucional, Waltinho Koerich, recebeu a honraria “Força Catarinense na Pandemia”, juntamente com cerca de 40 entidades e pessoas, como um reconhecimento e agradecimento pela contribuição no trabalho de mitigar os efeitos da pandemia. 

O diretor de relacionamento do IVG, Waltinho Koerich e sua esposa Ana Cláudia Koerich.

Entre as entidades homenageadas, estiveram presentes também a FIESC, a Associação Empresarial de Florianópolis (ACIF), o Hospital Baía Sul, o Sebrae/SC, a UFSC, o Conselho Regional de Enfermagem do Estado (Coren-SC), o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Santa Catarina (COSEMS-SC), o Tribunal de Justiça do Estado (TJSC), a Associação Catarina de Tecnologia (ACATE) e o Ministério Público do Estado (MPSC).

Homenagem da ACM recebida pelo IVG.

Ainda na celebração ao Dia do Médico, a ACM prestou homenagem aos colegas médicos que partiram por conta da Covid-19.

IVG investiu quase R$ 2 milhões em ações de combate à fome

Desemprego, dívidas e fome. Os efeitos da pandemia na periferia têm ido muito além da doença. A população mais vulnerável foi justamente a primeira a sofrer as consequências. Diante desse cenário, o IVG lançou, em abril de 2021, o Fundo IVG de Combate à Fome, com o objetivo de garantir o direito básico à alimentação e subsistência em meio à crise. Com o apoio de organizações, voluntários e parceiros, o IVG conseguiu arrecadar e investir R$ 1.903.244,00 em ações de combate à fome nas comunidades periféricas da Grande Florianópolis.

Nos últimos dois anos, o IVG conseguiu distribuir 470 toneladas de alimentos para cerca de 7 mil famílias não apenas da região metropolitana de Florianópolis, como também no interior catarinense. 

Parcerias com instituições como o Ministério Público do Trabalho de Santa Catarina (MPT/SC), o Orgânico Solidário e o ICOM possibilitaram o avanço dos bancos comunitários e da distribuição de cestas básicas para municípios do interior do estado. 

No Banco Comunitário, 1.062 famílias foram beneficiadas mensalmente com R$ 200 em Moeda Social – uma moeda virtual, equivalente ao Real, aceita pelos mercadinhos das comunidades já credenciados para receber pagamentos nessa modalidade. 

Em parceria com o MPT/SC e a ONU, o IVG promoveu a entrega de 15 mil cestas básicas em 19 cidades do interior. As cestas foram adquiridas com recursos provenientes da atuação do Ministério Público, que realiza a aplicação da legislação trabalhista e os eventuais recursos oriundos de multas e processos judiciais são revertidos à comunidade lesada.

Já em parceria com o Orgânico Solidário, 5.170 cestas de verduras, frutas e legumes orgânicos chegaram a aproximadamente 700 famílias da Rede IVG. Além disso, o Fundo de Combate à Fome também recebeu apoio do Beiramar Shopping por meio do programa Conexões Sociais. Com a Roda Gigante Solidária, 34 toneladas de alimentos foram arrecadados e, com o Trenzinho Natalino, R$ 12.256,90 foram destinados aos projetos nesse sentido.


Compartilhe esta publicação


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *